terça-feira, 12 de janeiro de 2010

SAMPA!



"...qual é a cor de São Paulo?
São Paulo é tudo menos cinza. É vermelha quando o trânsito pára. Verde quando no meio da correria dá tempo de respirar. Amarela pra namorar o pôr-do-sol. Azul-neon pra matar a fome no meio da noite. Tem todas as cores do mundo quando a gente precisa. Um album enorme de fotografias malucas, bonitas, melancólicas, mal acabadas e muitas vezes tiradas com pressa, justamente pro mistério da cidade continuar. O que eu mais gosto em São Paulo é que nada aqui é óbvio. O cara de terno é surfista profissional; o mendigo é PHD; o taxista é poeta; o feirante é tenor e o vizinho maluco é gente boa. Se bem que aqui as coisas parecem ontem, justamente porque a cidade tá toda misturada, mexida, reinventada o tempo todo. Quase não tem espaço, mas a gente sempre encontra um jeitinho pra amar e pra ser feliz..."

3 comentários:

Daniel Massa disse...

prefiro o rio.

Paula disse...

prefiro Recife! =oP

Lê Ferreira disse...

vou encarar essa babylon
'Andar com Fé eu vou
que a fé não constuma falhar'